Arquivo para 28 de janeiro de 2009

28
jan
09

Super Bowl – Case de sucesso

Faltam apenas 3 dias para o maior evento esportivo dos EUA, o Super Bowl, jogo final da liga de Futebol Americano (NFL) que acontecerá no dia 1º de fevereiro em Tampa Bay, na Flórida.

Para demonstrar por que os americanos são referência mundial em Marketing Esportivo, trago alguns números relacionados ao Super Bowl:

  • Cerca de 80 milhões de pessoas acompanharam a última final nos EUA e mais 800 milhões de pessoas em todo o mundo.
  • Um comercial de 30 segundos no intervalo do evento chega a custar US$ 3 milhões. 
  • Na edição deste ano, o evento contará com um show de Brue Springsteen
  • 1,4 milhão de televisores são vendidos na semana anterior ao evento
  • 1,2 milhão de pizzas são entregues durante o evento

Fonte: Marketing Esportivo ESPM – Prof. Fernando Trein

Esses números são possíveis porque os  patrocinadores e todas as empresas ligadas ao evento exploram todas as oportunidades de comunicação com os consumidores, torcedores e fãs. Abaixo seguem alguns exemplos de ações relacionadas ao Super Bowl deste domingo.

Papa John’s – Pizza por 25 centavos

A mecânica é o seguinte: Os primeiros clientes que se inscreverem no site (TheCountdownToKickoff.com) receberão uma pizza gigante em casa, por 25 centavos, durante a final do Superbowl 09′.A promoção é protagonizada pelo ex-jogador de futebol americano Heisman Trophy. E conta ainda com uma Comunidade no Facebook que integra atualizações e mensagens sobre a promo.

Doritos – Crash the Super Bowl

A campanha “Crash the Superbowl“ está em sua terceira edição este ano. Mais 1600 pessoas inscreveram o seu comercial para ser transmitido no espaço da Doritos no intervalos do evento. Os criadores dos 2 melhores comerciais de 30 segundos irão receber um prêmio de US$1 milhão.

Budweiser X Miller

A Budweiser é uma das marcas que irá veicular um comercial de 30 segundos  no intervalo do Super Bowl. Como forma de manifesto ao valor pago pela Bud, a concorrente Miller criou diversos comerciais de 1 segundo. A intenção é demonstrar que não é preciso gastar US$3 milhões para incentivar o povo americano a tomar a sua bebida predileta durante a final do futebol americano. E afirmam, ainda, que o produto (Miller High Life) tem tanta qualidade, que 1 segundo já é o bastante para promovê-lo.

M&M’s – My Team

Às vésperas da final da NFL, a Mars, fabricante dos M&M’s, disponibiliza “estampas” dos times da liga para os fãs, os desenhos variam de acordo com a opção. A simples lembrança da cor do time pode ser combinada com o símbolo, e o comprador ainda pode escolher as embalagens: uma caixa especial ou dois sacos estampados  com as cores do clube, feitos sob encomenda.

 

 

Com todas essas informações e notícias pode-se ter uma idéia da dimensão do Super Bowl, e porque a final da liga se tornou um dos principais eventos do calendário americano. Espero que em um futuro próximo, o Brasil possa organizar eventos esportivos tão importantes quanto este, e que os clubes, patrocinadores e veículos de comunicação inovem para promover o esporte nacional . Agora,  resta apenas aguardar o espetáculo.

Anúncios