Posts Tagged ‘UEFA

29
jul
09

Adidas renova patrocínio com UEFA

A Adidas renovou com a UEFA o contrato como fornecedor oficial de bolas por mais 3 temporadas. Desta forma, as bolas da Champions League, Europa League e Uefa Super Cup continuam senda da marca alemã. Para renovar este contrato até 2012, a Adidas irá desembolsar cerca de 14,7 milhões de euros, (4,9 milhões de euros por ano).

Há cerca de 2 meses, a marca das 3 listras bateu a concorrência ao conseguir renovar também com a Bundesliga por mais 4 temporadas. O valor desta renovação foi de 25,3 milhões de Euros (6,3 milhões de Euros por ano).

A Adidas registou lucros 8,4 milhões de euros no primeiro trimestre de 2009. Com estas renovações, a marca alemã continua a combater a sua principal concorrente (Nike) na disputa pelo domínio do fornecimento de material desportivo para a indústria do futebol.

30
mar
09

Uefa ignora crise e amplia cota de clubes

A Uefa, organização responsável por gerenciar o futebol no continente europeu, deu nesta semana uma demonstração de que não teme a crise financeira internacional. Enquanto o mercado financeiro ainda teme os efeitos da recessão, a entidade decidiu ampliar a cota que repassa aos clubes.

Entre 2009 e 2012, a Uefa desembolsará 55 milhões de euros (R$ 165 milhões) para serem divididos entre os clubes das ligas profissionais que tenham ao menos um participante na Liga dos Campeões da Europa. Essa verba foi arrecadada pela entidade com ações de marketing e direitos televisivos.

Outra mudança anunciada pela Uefa foi a porcentagem desse dinheiro que será destinada às categorias de base. Ao contrário dos 5% praticados atualmente, a entidade transmitirá 6,5% do que paga aos clubes para ações de formação de atletas.

“Estamos muito felizes. Sempre afirmamos que uma porcentagem das receitas geradas pela Liga dos Campeões precisava ser distribuída, tendo como base o princípio da solidariedade”, disse o ex-jogador francês Michel Platini, presidente da Uefa.

A Uefa anunciou ainda que aumentará o montante repassado aos clubes que atingirem fases finais da Liga dos Campeões ou da Copa da Uefa. Essas equipes dividirão 67 milhões de euros (R$ 201 milhões) no próximo triênio.

Fonte: Máquina do Esporte