Posts Tagged ‘Futebol Europeu

02
set
09

PSV lança campanha de sócios para bebês

O clube holandês PSV Eindhoven lançou nos últimos dias uma campanha de sócios, nada de muito diferente do que os outros clubes de futebol normalmente fazem, a não ser pelo público-alvo da campanha: bebês, ou melhor, os pais dos bebês.

Isso mesmo, o “PSV Babies” tem o objetivo de incentivar os pais a levarem seus filhos aos jogos e assim se tornarem sócios do clube. O PSV costuma realizar atividades para as famílias, além desta campanha existe um outro programa chamado “Baby Day”, onde abrem o estádio para receberem todos os futuros torcedores do clube. Nesse evento tiram fotos com os nenês reunidos, e os jogadores também participam.

Parabéns ao PSV, essas ações são feitas para garantir o torcedor de amanhã. 

Anúncios
26
jun
09

Fornecimento de material esportivo na Europa

O site português Finance Futebol divulgou uma lista com os 15 maiores contratos de fornecimento de material esportivo aos clubes europeus. Na tabela constam informações como data de início e término do contrato, duração e valores anuais pagos aos clubes.

Destes 15 clubes, a Nike possui contratos com 6, seguido da Adidas (5), Umbro (2), Puma (1) e Kappa (1). Além disso, o 1º e mais 6 clubes são do futebol inglês. Veja a tabela.

CLUBES País Marca Início/Término Duração (anos) Valor Anual
Manchester United Inglaterra Nike 2002/2016 13  € 33 milhões
FC Barcelona Espanha Nike 2006/2013 7  € 30 milhões
Real Madrid CF Espanha Adidas 2004/2012 8  € 21 milhões
Chelsea FC Inglaterra Adidas 2006/2014 8  € 17,8 milhões
Arsenal FC Inglaterra Nike 2003/2013 10  € 13 milhões
Juventus FC Itália Nike 2002/2015 12  € 12 milhões
Internazionale Itália Nike 2007/2019 12  € 11,3 milhões
Liverpool FC Inglaterra Adidas 2006/2010 4  € 10 milhões
Ajax Holanda Adidas 2009/2019 10  € 10 milhões
Tottenham Hotspur Inglaterra Puma 2006/2011 5  € 7,4 milhões
Olympique Lyon França Umbro 2006/2013 6  € 6,4 milhões
Newcastle United Inglaterra Adidas 2005/2010 5  € 5,9 milhões
AS Roma Itália Kappa 2007/2010 3  € 4,8 milhões
FC Porto Portugal Nike 2008/2012 4  € 2,7 milhões
Athletic Bilbao Espanha Umbro 2008/2016 8  € 2,5 milhões
14
jun
09

Jogadoras posam nuas em campanha francesa

A Federação Francesa de Futebol (FFF) está tentando aumentar o interesse do público nas partidas de futebol feminino. No dia 23 de agosto começa o Campeonato Europeu da categoria, na Finlandia, e para promover a competição foi criada uma campanha que conta a participação de jogadoras da seleção francesa. As jogadoras aperecem nuas em fotos com a pergunta “Temos que estar nuas para nos verem jogar?

Então, você acha que a campanha vai dar resultado? Deve fazer sucesso com o público masculino, principal “consumidor” do futebol.

28
maio
09

Champions League movimenta a economia européia

Foi ontem, em Roma, a decisão da Liga mais disputada pelos clubes da Europa, e com uma atuação brilhante de Leo Messi, o Barcelona sagrou-se mais uma vez campeão da Champions League. O espetáculo dentro e fora de campo já era esperado, já que a partida final da liga é um dos eventos mais importantes do futebol mundial, mas vamos analisar algunas fatores extra campo. Segundo o estudo anual encomendado pela MasterCard, patrocinadora oficial da Liga, sobre o impacto econômico causado pelo evento, estima-se que a partida de ontem gerou um incremento na economia europeia de R$ 880 milhões. 

Apenas a cidade de Roma, que foi sede da decisão teve um aumento em sua economia de cerca de R$ 129,3 milhões, os fatores associados a isso incluem desde o faturamento no comércio por conta da ida de torcedores estrangeiros para a partida até a recepção de novos grandes eventos pela cidade no futuro. Além de Roma, estima-se que a cidade do time campeão (Barcelona) recebeu um benefício de cerca de R$ 42 milhões em aumento da economia, este valor se refere a uma melhora na imagem e na reputação da cidade, a possibilidade de incrementar o turismo na região, além do aumento de consumo do torcedor em bares, restaurantes e lojas por conta da felicidade com a conquista do título. 

O Barça deverá ganhar cerca de R$ 313 milhões a mais, por conta de valorização dos seus jogadores, premiação, novos acordos de TV, aumento da venda de ingressos e acordos de patrocínio. Os ganhos do Manchester, vice-campeão,  podem ficar por volta de R$ 184 milhões.

Curiosamente, o estudo aponta ainda que a crise financeira mundial poderá ajudar a edição deste ano a ter a final com a maior movimentação financeira da história. Sem tantas opções de lazer, os europeus deverão injetar cerca de R$ 71 milhões na economia europeia nesta quarta-feira, assistindo ao jogo pela TV, em bares, restaurantes, etc. A expectativa é de que a partida bata todos os recordes de audiência do esporte na Europa.

Um evento esportivo deste porte pode ser comparado ao Superbowl, a final da temporada do futebol americano realizada nos Estados Unidos, que em 2009 teve os maiores índices de audiência e os melhores anunciantes de TV da história. A paixão pelo esporte não tem limites.

06
maio
09

25 clubes mais valiosos do mundo

No mês passsado a Revista Forbes divulgou a lista do 25 clubes de futebol mais valiosos do mundo, os clubes foram classificados com base em suas dívidas e no valor de seus respectivos estádios. Confira

               Time                                                                      País                                       Valor (US$)

1 Manchester United Inglaterra 1,870        
2 Real Madrid Espanha 1,353        
3 Arsenal Inglaterra 1,200        
4 Bayern Munich Alemanha 1,110        
5 Liverpool Inglaterra 1,010        
6 AC Milan Itália 990        
7 Barcelona Espanha 960        
8 Chelsea Inglaterra 800        
9 Juventus Itália 600        
10 Schalke 04 Alemanha 510        
11 Tottenham Hotspur Inglaterra 445        
12 Olympique Lyonnais França 423        
13 AS Roma Itália 381        
14 Internazionale Milan Itália 370        
15 Hamburg SV Alemanha 330        
16 Borussia Dortmund Alemanha 325        
17 Manchester City Inglaterra 310        
18 Werder Bremen Alemanha 292        
19 Newcastle United Inglaterra 285        
20 VfB Stuttgart Alemanha 264        
21 Aston Villa Inglaterra 240        
21 Olympique Marseille França 240        
23 Celtic Escócia 218        
24 Everton Inglaterra 207        
25 Glasgow Rangers Escócia 194        
03
abr
09

Nike pode levar Ribery para o Barcelona

O jogador francês Franck Ribéry renovou seu contrato de fornecimento de material esportivo com a Nike. O novo acordo, válido até 2014, pode ser uma ponte para tirar o meia-atacante do Bayern de Munique e levá-lo ao Barcelona na próxima temporada.

Por ser alemão, o Bayern é uma das principais plataformas da Adidas, que tem sede no mesmo país. O contrato de Ribéry com o atual clube compromete o jogador a trocar a Nike pela marca local a partir de 2010, quando terminaria seu vínculo com a atual fornecedora.

Contudo, Ribéry decidiu arcar com a multa prevista em contrato e se manteve atrelado à Nike. O novo acordo renderá 1,2 milhão de euros (R$ 3,6 milhões) por temporada ao jogador francês.

A decisão do meia-atacante criou um empecilho para sua permanência no Bayern. O Barcelona, que é patrocinado pela Nike e já havia demonstrado interesse em contar com Ribéry, pode ser o destino a partir da próxima temporada.

Fote: Máquina do Esporte

12
fev
09

Clubes europeus gastam menos em janeiro

Imagem: Globo.com

Com exceção da Inglaterra, onde os gastos aumentaram, todas as ligas européias mais importantes registraram queda nos valores totais das transferências na janela de janeiro de 2009. Ficou clara a opção por empréstimos e contratos de curtos prazos.

Apesar de toda a crise, os clubes ingleses gastaram 160 milhões de libras em contratações, 6% a mais do que no mesmo período de 2008. Os milionários árabes do Manchester City e o Tottenham foram os responsáveis, respectivamente, por 50 milhões de libras e 45 milhões de libras desse montante. Vale lembrar que, caso Kaká tivesse aceito a proposta do City, esses valores iriam quase aumentar consideravelmente.

Um estudo da Deloitte mostrou que os times da Premier League investiram mais do que a soma dos times tops das ligas italiana, alemã, espanhola e francesa juntas. Na Itália, ainda em comparação com o ano passado, os gastos com as transferências de jogadores cairam 43%, ficando na casa dos 29 milhões de euros (vale ressaltar que, na maioria dos casos, os valores oficiais não são revelados).

Na Alemanha, segundo a Reuters, foram registradas 42 transferências, mas o total dos negócios não chegou a 16 milhões de euros, o que comprova uma baixa nos preços praticados e também uma tendência para empréstimos ou contratos de curto tempo. Além disso, cresce a pressão para que os clubes e federações estabeleçam um teto salarial para os jogadores.

Fonte: Jogo de Negócios